Informação & Inovação

Café da Manhã em São José está mais “salgado”

café da manhã

Café da Manhã: Tomar o tradicional cafezinho fora de casa está mais caro em São José dos Campos. Essa é a conclusão da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor de São Paulo, e do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

E o mais importante, afirmação de inúmeras pessoas que para não se atrasar, deixam para tomar seu “cafezinho” na rua.

Café com leite e pão, itens que normalmente são indispensáveis no café da manhã dos joseenses, estão ficando cada vez mais caros, principalmente para quem faz isso fora de casa.

café da manhã
Divulgação

Café da Manhã: Culpa da guerra?

De acordo com levantamento com a guerra no Leste Europeu impactando a região produtora de grãos na Rússia e também na Ucrânia, haverá mais redução nos derivados de trigo.

O que significa que o café da manhã tradicional fora de casa está, e deve ficar mais caro.

Em padarias e supermercados de São José o quilo do pão francês chega em alguns lugares á R$ 19,00.

Depois de um período com preços estáveis o produto voltou apresentar alta, com reajuste acumulado a cerca de 24% nos primeiros oito meses deste ano (2022).

café da manhã
CPT divulgação

Café da manhã pode chegar a custar o dobro do preço

A especialista da Proteste Mariana Rinaldi diz que os resultados [da pesquisa] indicaram uma grande variação de preços, superior a 100%.

Isso demonstra que produtos como café, pão, leite, queijo e ovos podem chegar a custar o dobro do preço. A variação foi justificada tanto pela alta da inflação acumulada no últimos 12 meses como também pelo estilo de cada estabelecimento.

“Estabelecimentos mais tradicionais, mais simples, custam menos que os mais sofisticadas, com produtos mais premium, mais gourmet” explicou Marina Rinaldi.

O café moído, por exemplo, acumula alta de 53,97%, de março de 2021 a fevereiro deste ano, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fundação Getulio Vargas (FGV).

E se deixar por conta da inflação e da guerra, o café vai ser bem amargo: o açúcar refinado e o cristal dispararam 44,88% e 28,48%, respectivamente.

Ovos (10,52%), pão francês (8,86%) e leite (4,26%) também tiveram altas expressivas.

café da manhã
ND Mais

Especialista diz que preço deve continuar subindo…

Para o educador financeiro Alexandre Prado, os preços dos ingredientes do café da manhã devem subir mais ainda por conta da pressão dos custos sobre os alimentos, como os reajustes de combustíveis e energia elétrica, e a guerra por exemplo.

Muitos comerciantes ficaram divididos em repassar ou não para os consumidores. Mesmo assim, o cidadão comum continua frequentado as padarias e ainda não buscou fontes de alimentação para o café da manhã, como a tapioca ou o cuscuz.

Em uma tradicional padaria da avenida Andrômeda, o encarregado Plínio Arruda, de 41 anos, explica que os consumidores ainda não desistiram do clássico pão francês.

“Não afetou o consumo, muita gente continua com o pão com manteiga e o café.”

Por Apvale.News – Robson Soares

Veja ainda:

Quando devo trocar a “Bateria” do meu carro?

Ubatuba sofre com as chuvas do fim de semana

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp