Informação & Inovação

Combustível adulterado: como lidar com este problema?

Combustível adulterado

Um dos maiores inimigos do automóvel é o combustível adulterado. Você já sabe que infelizmente muitos postos espalhados pelo Brasil vendem esse tipo de combustível.

A baixa qualidade pode danificar componentes importantes do motor do veículo e causar grandes perdas, sem reparos.

Os prejuízos são diversos, além do automóvel consumir mais, ele poderá falhar de repente e perder todo seu desempenho.

Combustível adulterado
Jornal NC

Prejuízos provocados por combustível adulterado

  • Aumento do ruído do motor do automóvel;
  • Derretimento das mangueiras de combustível;
  • Entupimento do carburador;
  • Problemas no óleo lubrificante;
  • Sobrecarga nas velas e válvulas;
  • Consumo maior de combustível;
  • Prejuízos nos tanques, filtros, bomba de combustível e bicos injetores;
  • Prejuízo ao meio ambiente;
  • Perda do motor do veículo.

O que fazer ?

Existem alguns métodos que você pode usar para identificar se o combustível que você está usando é adulterado, acompanhe.

Pré-ignição e detonação

Se mais pressão for aplicada ao motor, como ao dar a partida ou em uma subida, ele fizer um ruído semelhante ao de uma corrente de bicicleta mudando a marcha, é provável que a qualidade do combustível seja ruim.

Motor “Engasgando”

As falhas que ocorrem na partida de motores a gasolina são provocadas, em sua maioria, pela mistura de álcool maior do que a permitida. Em motores flex, por outro lado, não ocorrem esses problemas mecânicos.

Combustível adulterado
ApVale

Desconfie do cheiro do combustível

Caso você desconfie que o combustível foi adulterado, verifique o cheiro da gasolina ou do etanol.

Muitos combustíveis “batizados” são identificados por compostos com cheiros diferentes do aquele de gasolina tão característico. Então, é bom verificar.

Bicos injetores e filtros entupidos

Você pode já ter ouvido falar de “batida de pino”, ele ocorre quando a gasolina é queimada de forma incompleta. Se esse processo não ocorrer de maneira correta, irá desencadear carbonização interna, liberar impurezas, poluir todo o sistema e danificar certas partes do motor.

Com isso, os bicos injetores são os primeiros a apresentarem defeitos, pois os filtros vão saturar porque vão precisar trabalhar mais do que o normal.

Aumento de consumo

Se o seu carro estiver em boas condições, com as revisões em dia, o consumo médio deve permanecer estável. Se o consumo aumentar sem motivo, é provável que o combustível tenha sido “batizado” por alguma substância inadequada.

Combustível adulterado
Youtube

Álcool adulterado

Engana-se quem pensa que somente a gasolina pode ser adulterada. O etanol também pode ser corrompido quando é acrescentada uma quantidade maior de água do que a permitida de 7%.

Esse processo acelera a corrosão e desgasta rapidamente as peças do motor.

Este são alguns dos problemas que você pode ter com este tipo de combustível. De maneira geral o desempenho do veículo diminui, podendo em alguns casos ter perda total do motor.

Mantenha o seu abastecimento sempre em redes de sua confiança.

Se você desconfiar de algo, peça o teste da Agência Nacional do Petróleo, a ANP. Neste canal você também pode fazer denúncias.

Por Apvale.News – Robson Soares 

Veja também:

ApVale News fala com Governador sobre políticas de proteção á mulher

Saque de R$ 1 mil no FGTS: como fazer?

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp