Informação & Inovação

Dengue: São José inicia avaliação sexta-feira (01)

Dengue

Dengue: O Aedes aegypti, o mosquito da Dengue, é um inseto de origem africana que teve sua primeira descrição realizada no Egito (daí a origem de seu nome).

Até o momento não existem vacinas que forneçam proteção contra a Dengue. Sendo assim, a única forma de prevenção é a luta contra o mosquito.

Para isso, a eliminação dos criadouros e a utilização de larvicidas e inseticidas são necessárias.

Assim sendo, a prefeitura de São José dos Campos inicia ações de combate a Dengue já na próxima sexta-feira (1).

Será a 2ª operação de ADL (Avaliação de Densidade Larvária) de 2022, que irá acontecer em todas as regiões da cidade durante o mês de abril.

A atividade é importante para nortear as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite doenças como Dengue, Chikungunya e Zika.

Níveis de infestação da Dengue

As ADL’s são realizadas a cada trimestre (janeiro, abril, julho e outubro) e têm o objetivo de identificar os níveis de infestação das larvas do mosquito.

Nesta segunda avaliação do ano, a previsão é que os ACE’s (Agentes de Combate às Endemias) visitem 17.749 imóveis em todas as regiões do município.

A primeira ADL de 2022 teve o registro de 1,10 no IB (Índice Breteau), um aumento de 0,60 em comparação com o mesmo período de 2021.

Ou seja, de acordo com o índice larvário, a cada 100 imóveis, foram encontrados 11 recipientes com larvas do mosquito ad Dengue, Aedes aegypti.

Prevenção

A Prefeitura, por meio do CCZ (Centro de Controle de Zoonozes), mantém diversas ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses, em todas as regiões da cidade.

Na Operação Casa Limpa, por exemplo, os bairros com os maiores índices larvários são visitados com o objetivo de eliminar objetos que possam servir de criadouros do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika.

Dengue
PMSJ

Visitas dos agentes

A Prefeitura ainda mantém a visitação aos imóveis com um trabalho de educação e orientação à população sobre os riscos das doenças e como evitar recipientes que podem acumular água.

Diante da notificação de casos positivos de Dengue, ações de controle de criadouro e nebulização.

A população também pode ajudar a combater a Dengue denunciando possíveis criadouros do mosquito pelo telefone 156. Também é importante receber bem os agentes que estão devidamente trajados e credenciados.

Por Apvale.News – Robson Soares com PMSJ

Veja também:

Prefeito de Ilhabela critica entrega da nova pista da Tamoios

Preço do Diesel pressiona tarifa de ônibus no Vale

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp