Informação & Inovação

Evolução da Mercedes: Hamilton poderia ter vencido?

Evolução da Mercedes

Evolução da Mercedes: Não foi apenas Max Verstappen que conseguiu uma recuperação chocante na Hungria, Lewis Hamilton terminou em segundo atrás do líder do campeonato em Hungaroring, tendo largado em sétimo.

Um problema de DRS custou a Hamilton na qualificação e largou no Grande Prêmio de domingo em sétimo lugar, enquanto o companheiro de equipe George Russell se classificou na pole position pela primeira vez em sua carreira na Fórmula 1.

F1: Evolução da Mercedes

O gráfico abaixo mostra como a dupla Mercedes estava em suas primeiras rodadas do Q3 – que viu Russell ficar em segundo provisório e Hamilton em quarto provisório, os dois então divididos por 0,174s.

Evolução da Mercedes
F1-TM

Hamilton foi então sorteado pelo problema do DRS, dificultando a última corrida do heptacampeão no Q3. Abaixo, fica claro que Hamilton perdeu nas retas, possivelmente em até 20 km/h.

Ele acabou recuando de sua volta e ficou em sétimo no grid, a 0,765s da volta melhorada de Russell para a pole position.

Evolução da Mercedes
F1-TM

Como Hamilton venceu Russell para o segundo lugar?

O gráfico abaixo compara o ritmo de corrida de Russell e Hamilton, corrigindo o combustível e exibe suas diferentes estratégias – Hamilton terminou a corrida com pneus macios; Russell tendo começado em softs.

Nas voltas iniciais, Hamilton ficou atrás de Lando Norris, mas, uma vez que Norris parou na volta 11, Hamilton começou a igualar seu companheiro de equipe – os pneus de Russell começando a se desgastar – no ritmo.

No segundo stint, Hamilton começou a ultrapassar Russell, especialmente porque Russell perdeu tempo lutando com Charles Leclerc até a volta 31.

O ritmo de Russell aumentou quando Leclerc se afastou, mas Hamilton ainda era um pouco mais rápido.

Hamilton estendeu seu segundo stint enquanto Russell teve que parar para tentar bloquear o undercut de Verstappen.

Hamilton, portanto, conseguiu trocar por macios em seu stint final e volta mais de um segundo mais rápido que seu companheiro de equipe, permitindo que ele pegasse Russell e Carlos Sainz no final.

Evolução da Mercedes
F1-TM

Evolução da Mercedes: Hamilton poderia ter vencido?

O chefe da equipe da Mercedes, Toto Wolff, disse que “teríamos uma luta divertida na frente pela vitória” se Hamilton não tivesse um problema de DRS na qualificação.

Então, o que teria acontecido se Hamilton tivesse conquistado a pole no sábado?

O gráfico abaixo mostra o ritmo de corrida dos seis primeiros e simula o ritmo de corrida de Hamilton, usando os tempos de volta de Russell desde a pole até a volta 11 (quando Hamilton passou Norris).

Supondo que Hamilton teria feito sua primeira parada na volta 19, como fez na corrida, ele teria ficado em terceiro atrás de Russell e Leclerc e acabou pegando-os e lutando na marca da volta 25-30, o que lhe custaria tempo de volta.

Além disso, nossa simulação diz que seria provável que Leclerc tivesse passado por Hamilton logo após essa batalha.

Por Apvale.News – Robson Soares com F1-TM

Veja ainda:

Preço de venda do diesel é reduzido diz Petrobras

Jô Soares morre nesta madrugada

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp