Informação & Inovação

Feira Livre pode ajudar na economia de casa

Qual a qualidade

Feira Livre: Além de trazer grandes benefícios ao orçamento doméstico, quem faz compra em feiras valoriza o mercado regional. É possível encontrar alimentos bons em supermercados, claro.

Nas feiras, as verduras e as frutas são repostas no mesmo dia, o que aumenta ainda mais a qualidade.

Mas a alta nos preços dos mais variados gêneros de consumo é uma realidade e está presente em todos os âmbitos da vida, é nas esferas essenciais que ela é mais sentida. A alimentação é uma das despesas que preocupa o consumidor.

Feira Livre
Reprodução

Além do que, a busca por melhor qualidade de vida passa, necessariamente, por mudanças de hábitos alimentares.

Nesse sentido, as feiras livres estão cada vez mais populares e surgem como uma alternativa à padronização dos supermercados, por isso a agricultura familiar tem como objetivo de obter alimentos com melhor qualidade e preço justo.

Qual o melhor lugar: Feira, Hortis ou Mercados?

Uma pesquisa realizada pela Proteste analisou os espaços comerciais e mostra que a feira ainda é o local mais acessível para a compra de legumes, frutas e verduras.

Feira Livre
Reprodução

Comprar na feira livre pode economizar 30%

Segundo o estudo, a economia em relação as mercadorias podem chegar até 22% no Rio e até 30% em São Paulo.

Foram 15 itens incluindo espinafre, cebola, banana prata, pêssego laranja pêra, limão taiti, maçã galã nacional, alho, uva thompson, batata, berinjela, tomate, alface crespa, cenoura e brócolis. O objetivo foi analisar a variação de preço entre os estabelecimentos comerciais.

O item que menos apresentou variação foi o espinafre. No Rio de Janeiro, foi encontrado por valores que oscilaram entre R$2,49 e R$3,99. Já em São Paulo a menor variação ficou com a popular banana prata – podendo ser achada por valores entre R$5,21 e R$9,99.

Feira Livre
Reprodução

Fique de olho na unidade de medida (lote, dúzia, pacote…)

Diante das opções de unidades de medida na feira (lote, dúzia, pacote ou unidade) o preço pode mudar. É importante calcular o que mais compensa.

Fique atento para não ser vítima de golpes ou das dubiedades nas placas indicativas de preços. E acima de tudo, tenha sempre em mente seus direitos.

Apesar de as compras em feiras serem mais simples, em tom de informalidade, ainda assim o Código de Defesa do Consumidor (CDC) precisa ser observado.

Como, destaca nosso especialista Proteste, Daniel de Barros, para sanar qualquer dúvida “pergunte ao feirante qual o real peso do lote”. O outro conselho ficar de olho na balança, e garantir que o barato não saia caro.

Apvale News: Aline Felix com Proteste

Veja ainda:

Play Store abre votação para escolher o melhor aplicativo

Detector de radar: vale a pena comprar?

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp