Informação & Inovação

Ferrari apresenta novo carro para a temporada 2022

Ferrari

A Ferrari apresentou a pouco seu novo carro para a temporada 2022 da Fórmula 1. A F1-75 traz uma layout diferente do último modelo, mais parecido com o carro dos anos 1990, com as asas em preto, além de um tom de vermelho mais escuro e fosco.

 

Ferrari
Ferrari

Ferrari F1 -75

A F1-75 chama a atenção pelo bico fino, com a extremidade pontiaguda. A parte inferior é bastante recortada para favorecer a passagem do ar – o novo regulamento traz de volta o efeito-solo, que ajuda a garantir maior downforce.

Ao contrário do que se esperava, a suspensão dianteira usa o esquema Push-rod, mais convencional e de acerto mais fácil. O time de projetistas e engenheiros não considerou suficientes as vantagens aerodinâmicas trazidas pelo pull-rod.

Temporada 2021

A Ferrari terminou a temporada de 2021 na terceira colocação, com 323.5 pontos, abaixo apenas da Mercedes e Red Bull Raicng. Já Carlos Sainz e Charles Leclerc, ficaram com os 5.º e 7.º  lugares respectivamente.

Veja a apresentação da Scuderia de Maranello.

Sky Sports F1

Transmissão na TV

A Band vai seguir encarregada de transmitir a Fórmula 1 na temporada 2022. Depois de um primeiro ano avaliado como positivo, a principal categoria do automobilismo mundial seguirá com espaço nos canais Band e BandSports.

Ferrari

Ferrari é uma fabricante italiana de carros esportivos de luxo com sede em Maranello. Fundada por Enzo Ferrari em 1939 na divisão de corridas da Alfa Romeo com o nome Auto Avio Costruzioni, a empresa construiu seu primeiro carro em 1940.

No entanto, o início da empresa como fabricante de automóveis é geralmente reconhecido em 1947, quando o primeiro carro com o nome Ferrari foi concluído.

Em 2014, a empresa foi classificada como a marca mais poderosa do mundo pela consultoria Brand Finance. Em junho de 2018, o 250 GTO de 1964 tornou-se o carro mais caro da história, estabelecendo um recorde de venda de 70 milhões de dólares.

O Grupo Fiat adquiriu 50% da montadora em 1969 e expandiu sua participação para 90% em 1988. Em outubro de 2014, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou suas intenções de separar a Ferrari S.p.A. da FCA; no momento do anúncio, a FCA detinha 90% da Ferrari.

A separação começou em outubro de 2015 com uma reestruturação que estabeleceu a Ferrari NV (uma empresa constituída nos Países Baixos) como a nova holding do Grupo e a subseqüente venda pela FCA de 10% das ações em uma oferta pública inicial e listagem simultânea de ações ordinárias na Bolsa de Nova York.

Através das etapas restantes da separação, o interesse da FCA nos negócios da empresa foi distribuído aos acionistas da FCA, com 10% continuando a ser propriedade de Piero Ferrari. O spin-off foi concluído em 3 de janeiro de 2016.

Por Apvale.News – Robson Soares

Veja também:

Você tem dor no cotovelo? Saiba as causas…

Quiosques tem que reduzir número de mesas nas praias

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp