Informação & Inovação

Homem parou nos anos 90. Ainda usa Nokia e Cassete

Homem

Este homem é Jack Walters, um ilustrador britânico, nasceu no final dos anos 90 e por aí ficou. Apesar de, para muitos, a mudança de século e de milénio ser motivo de celebração, para este jovem de 24 anos nada supera os acontecimentos da década de 90.

Entre os quais o êxito Baby One More Time que Britney Spears lançou em 1998 e quando Geri Halliwell resolveu deixar as Spice Girls.

Nesta década, as pessoas tinham telefone fixo em casa, os celulares eram de teclas – e os modelos mais modernos até tinham uma tampa para proteger o teclado – e no móvel da televisão não podia faltar um leitor de cassetes.

Hoje, são poucos os que têm estes objetos em casa, à exceção de Jack, que os utiliza diariamente.

Homem
Ford Mondeo

Homem tem um iMac e Ford Mondeo

Foi assim que conseguiu um computador iMac azul, da Apple, por apenas 56 euros no eBay e que, para grande surpresa, ainda funciona.

O carro, por outro lado, teve de ser substituído por um “novo” e, por isso, escolheu outra relíquia: um Ford Mondeo.

O interesse pela década de 90 começou durante a adolescência, altura em que foi diagnosticado com síndrome de Asperger e se assumiu homossexual.

Conta que durante anos foi apelidado de “diferente”, mas acabou por conhecer pessoas com os mesmos gostos que o entenderam e começou a divertir-se mais sempre que vestia as suas Levi’s 501 e camisas estampadas.

Além de ser um estilo de vida, os anos 90 também servem de inspiração para o trabalho deste ilustrador e até a oficina onde trabalha e recebe clientes parou no tempo.

Homem

Tik Tok

Este homem também gosta de ser atual, razão pela qual usa Internet e tem redes sociais.

Em 2020, criou o canal no TikTok the_sad_rad_dad, onde mostra como é viver assim e apresenta a decoração da casa na localidade de Tideswell, no Reino Unido, que partilha com o namorado Matthew.

Na sala de estar, o chão está forrado a alcatifa cor de laranja e as paredes estão pintadas num tom salmão.

A televisão é daquelas sem comando e o telefone fixo tem uma antena, mas há mais: os gostos musicais são artistas dos anos 90 como The Human League e The Lion’s War.

Obsessão com papéis de parede floridos

Num dos vídeos, o jovem fala pela obsessão com os papéis de parede floridos e painéis de madeira e dos edredons geométricos que marcaram os anos 90.

No entanto, é na decoração da cozinha, uma espécie de réplica da que a avó tinha, que as tendências mais se destacam: os móveis e os eletrodomésticos são verdes e amarelos, há canecas às flores penduradas nas paredes e revistas antigas em cima da mesa.

Como não podia deixar de ser, o vestuário de Jack também está de acordo com a temática e algumas das peças são as que usava enquanto adolescente.

Apesar de estarmos em 2023, para este ilustrador viver nos anos 90 não é nada de outro mundo e acrescenta que só faz tudo isto porque o faz feliz.

Apvale News: Gleen Mclen com The Guardian

Veja ainda:

Sistemas eletrônicos de seu carro: Você sabe usar?

Faça um belo bife de Churrascaria na sua casa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp