Informação & Inovação

Nota de R$ 200 tem grande rejeição do comércio

Nota

Nota: Depois de inúmeros casos de falsificação em todo o Brasil, a nota de R$ 200 colocou uma “pulga” atrás da orelha de quem á recebe. Houve casos em que ao fazer um depósito eletrônico em bancos, até a maquina devolveu a nota.

A desconfiança é compartilhada entre comerciantes e consumidores.

Como exemplo, a funcionária de um posto de combustíveis desconfiou que a nota de R$ 200 de um rapaz fosse falsa e acionou a Polícia Militar. O homem portador da nota, e a funcionária foram para na Delegacia de Polícia, onde foram ouvidos e liberados. A nota de R$ 200 foi apreendida.

Outros caso é de um vendedor, que recebeu um total de R$ 1.600 pago em cédulas de R$ 200. Depois que os compradores saíram com a mercadoria o vendedor percebeu que as notas eram falsas, porque continham uma numeração repetida.

Nota
BC

O que diz o Banco Central?

De acordo com o Banco Central, somente até fevereiro, a instituição reteve 3879 cédulas falsas de R$ 200, o que representa um valor de R$ 775,8 mil.

Em 2021, foram quase 51 mil cédulas falsas de duzentos retidas pelo BC. Somados os valores, são quase R$ 11 milhões em notas falsas de duzentos retidas pelo Banco Central do ano passado para cá.

BC
BC

Porque surgiu a nota de R$ 200?

Em julho de 2020, o Banco Central apresentou um cenário que desde a pandemia do Coronavírus, as pessoas estariam guardando mais dinheiro físico, gerando uma demanda maior de papel-moeda.

Isso significa que as cédulas não estão circulando com tanta velocidade, demandando mais das casas impressoras e empresas que participam da logística de entrega.

Essa situação, associada com os pagamentos do auxílio emergencial e do FGTS emergencial, aumentou a demanda por dinheiro vivo.

Nota
BC

Como identificar a nota falsa?

Para começar, a cédula de R$200 tem as mesmas dimensões da nota de R$20 e foi impressa nas cores cinza e sépia. Assim como todas as cédulas de real, a nota de R$200 tem vários elementos de segurança para dificultar a falsificação.

  • Marca-d’água Ao colocar a nota de R$200 contra a luz, alguns elementos aparecerão, como o valor em numeral e o lobo-guará.
  • Quebra-cabeça: também contra a luz, é possível enxergar que as partes do desenho logo abaixo de “REPÚBLICA” montam o número 200.
  • Alto-relevo: pelo tato, dá para sentir alguns elementos em alto-relevo na nota, como a legenda “REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL”, o número 200 e o lobo-guará.
  • Número que muda de cor ao movimentar a cédula, é possível enxergar um efeito no número 200 – uma barra brilhante que faz o número mudar de cor, do azul ao verde.
  • Número escondido, basta posicionar a nota à altura dos olhos, em um lugar bem iluminado, para descobrir um número 200 logo acima da legenda “DUZENTOS REAIS.”
  • Para evitar problemas, ao receber uma nota de R$200, a recomendação prática é sempre checar pelo menos três desses elementos.

Por Apvale.News – Robson Soares e Banco do Brasil

Veja também:

Atenção estudante… saiu a lista do FIES!

Tem reforço pintando na área do São José

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp