Informação & Inovação

Pesquisa científica com “Maconha” é liberada no Brasil

Pesquisa científica

Pesquisa científica: A Universidade Federal do Rio Grande do Norte se torna a primeira instituição de ensino no Brasil a ter autorização para cultivar a Cannabis para pesquisas científicas.

A liberação foi aprovada por unanimidade pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
O reitor da UFRN, José Daniel Diniz Melo, comemorou e destacou que o Brasil precisa avançar nesse sentido. A Universidade Federal do Rio Grande do Norte buscava a liberação pela Anvisa há cerca de dois anos.

Apesar dos avanços nas pesquisas conduzidas em todo o mundo, no Brasil ainda não tinha instituições de ensino e pesquisa que pudessem cultivar a Cannabis para estudos.

Em São Paulo, a Assembleia Legislativa aprovou um projeto de lei que garante o fornecimento de medicamentos à base da Cannabis pelo SUS.

Pesquisa científica
Ilustração

Na pesquisa científica, as propriedades medicinais da planta são usadas

As propriedades medicinais da planta são usadas, principalmente, por crianças com epilepsia.

Desde 2015 a Anvisa autoriza a importação dos produtos pelo país; mas apesar da liberação, os remédios são muito caros para boa parte da população.

Apvale News: Robson Soares

Veja ainda:

Polícia Rodoviária Federal inicia a Operação Natal 2022

Ferrari anuncia lançamento de seu novo F1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp