Informação & Inovação

Real digital: Brasil cria nova moeda

Seguro DPVAT

Real digital: Em um mundo cada vez mais virtual, quase tudo o que envolve o nosso cotidiano está diretamente ligado à internet, e com a economia não é diferente.

Para efetuar uma compra, um pagamento ou até mesmo uma negociação nos dias de hoje, é necessário ter somente um celular na mão.

Os pagamentos eletrônicos instantâneos, conhecidos como Pix, tornam-se a cada dia mais rotineiros, facilitando a vida do cidadão brasileiro de várias formas, e consequentemente diminuindo filas e custos.

Real digital
Reprodução

Facilitando operações pela internet

Pensando em facilitar ainda mais essas operações, o Banco Central deu início aos testes da moeda digital brasileira. Trata-se do Real Digital, uma espécie de extensão da moeda física validada pelo BC.

Ela foi criada com o intuito de tornar ainda mais fáceis as transações financeiras, sem a necessidade de utilizar as velhas células convencionais.

O intuito do projeto é incluir ainda mais consumidores na nova modalidade do mercado financeiro, dentro da economia digital, além de baratear os custos bancários.

No entanto, para entender melhor, primeiro é necessário compreender que o Real Digital não se trata de uma criptomoeda. A moeda digital brasileira terá a mesma cotação frente a outras moedas.

Além disso, é assegurado que o usuário tenha segurança jurídica, cibernética e de privacidade ao operar com o novo recurso.

Real digital
Reprodução

Real Digital

Para utilizar o Real Digital, emitido pelo Banco Central, será necessário ter uma carteira digital e, diferente do que acontece com o dinheiro físico, as demais instituições não poderão emprestar estes recursos a terceiros.

Entretanto, o Real Digital poderá ser usado nas mesmas atividades que o real físico, como por exemplo, pagar uma conta no supermercado. E esse é outro ponto que diferencia a modalidade da criptomoeda, pois essa atividade ainda não é permitida com a mesma.

Entenda a diferença entre o bitcoin e a moeda digital

Há diferenças importantes entre o bitcoin e a moeda digital. O bitcoin é uma criptomoeda emitida e distribuída de forma descentralizada, com regras de autogestão pela própria rede de usuários, sem intermediação de uma instituição.

Já a moeda digital, como o real digital, nasce a partir de uma política implementada por uma autoridade monetária nacional. As regras são claras e só operam os agentes autorizados. Outra questão importante é sobre o uso que se pode fazer com as moedas.

Enquanto a bitcoin funciona como um ativo financeiro que só pode ser liquidada em uma moeda nacional ou negociada em ativos no mercado, o real digital poderá ser usado para pagar contas, transferir dinheiro, investir, assim como fazemos com o dinheiro em espécie.

Real digital
Reprodução

Nesta quinta-feira (20) começam a ser produzidas as primeiras unidades do Real Digital, a moeda digital de banco central (CBDC) do Brasil. A notícia foi revelada por Ronaldo Lemos, em reportagem para o jornal Folha de S. Paulo.

Segundo o colunista, as primeiras CBDCs serão emitidas em seu ambiente de teste, no Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas (LIFT).

As unidades que serão criadas são do tipo stablecoin, ou moeda estável, que possui paridade de 1:1 com o real. Essa modalidade é bastante utilizada como moedas intermediárias em negociações de outras criptomoedas que possuem maior volatilidade.

Apvale News: por Robson Soares com Serasa, Banco Central

Leia mais:

Dívida dos brasileiros aumenta segundo o Serasa

Salão do Automóvel de Paris. Veja as fotos

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp