Informação & Inovação

Roubo de carro: São José tem menor índice em março

Roubo de carro

Roubo de carro: Enquanto os números de roubos e furtos em São Paulo cresceram quase 13% na capital paulista em 2022, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, São José dos Campos apresentou o menor índice de roubo de carros registrado na história.

Foram 13 ocorrências desse tipo no período, segundo levantamento oficial divulgado nesta terça-feira (26) pela Secretaria de Segurança Pública do Estado.

Segundo informações do executivo, o número na cidade vem caindo nos últimos anos, mas a queda expressiva começou em 2016, quando a cidade registrou em março 82 roubos de veículos.

De lá pra cá, a redução foi grande e chegou a 19 casos em março de 2021 e 13 em março deste ano.

Roubo de carro
COI

Diminuição de roubo de carro tem nome

A prefeitura diz que o resultado da diminuição do roubo de carro é fruto do trabalho integrado das forças de segurança com a criação do programa São José Unida e do monitoramento em tempo real por câmeras inteligentes espalhadas pela cidade, 24 horas por dia, monitoradas pelo CSI (Centro de Segurança e Inteligência) da Prefeitura.

Com o CSI, já foram recuperados 109 carros roubados ou furtados desde a criação do centro, o que representa uma média de 9 carros devolvidos aos proprietários por mês.

Roubo de carro
PMSJ

Na capital

A Secretaria de Segurança Pública aponta 5.442 delitos entre os meses de janeiro e fevereiro de 2022. No ano passado, o número era de 4.919 ocorrências em São Paulo.

Embora os casos de roubos e furtos sejam registrados em todo país, é na capital paulista que os dados chamam atenção. A maioria dos bairros onde os crimes acontecem ficam na Zona Leste, mas na Zona Sul a incidência desse crime também cresceu.

Embora não tenhamos os números de janeiro a fevereiro de São José dos Campos, os gestores de segurança comemoram a queda de ocorrências nos últimos anos, desde 2016.

Roubo de carro
AP

Proteção Veicular

Dica: Quem tem um bem, deve se proteger. Uma boa opção é a Proteção Veicular, mais barata que um seguro, com os mesmos produtos, e mais barata. Dá até pra proteger aquele veículo mais velhinho que as seguradoras não cobrem.

Ao contratar um serviço de Proteção Veicular é importante prestar atenção ao contrato, verificar o valor da cobertura e também dos serviços oferecidos.

Escolher uma Associação tradicional, com experiência comprovada, uma vasta carta de associados e “cases” de sucesso, é importantíssimo na hora de fechar o contrato.

Por Apvale.News – Robson Soares

Veja também:

Proteção Veicular: O produto que cabe no seu bolso

Auxiliar Legislativo: Prova é marcada para domingo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp