Informação & Inovação

Seguro DPVAT e as dúvidas sobre indenizações

Seguro DPVAT

Seguro DPVAT: Em algumas situações, é obrigatório fazer boletim de ocorrência para acionar a proteção veicular, mas apenas em algumas, porque há sinistros em que a simples solicitação do usuário é suficiente para que a empresa dê andamento ao processo.

Uma proteção veicular tem como objetivo ressarcir o condutor de eventuais prejuízos com o automóvel.

As indenizações são pagas, por exemplo, quando o carro sofre uma colisão e precisa ser consertado. Também são disponibilizadas quando há furto ou roubo do veículo.

Seguro DPVAT

Veja: Começa hoje (20) o pagamento do Bolsa Família

Neste último caso, a indenização é paga para que o usuário consiga adquirir um novo carro, quando o seu anterior não é recuperado.

Além destes, a proteção veicular pode proteger contra incêndio, alagamento, queda de raio, queda de objeto sobre o veículo e vários outros.

Tudo depende dos tipos de coberturas contratadas, que diferenciam os processos. As regras sobre o registro do Boletim de Ocorrência, porém, são as mesmas na maior parte das empresas.

Seguro DPVAT
Porto Seguro

Seguro DPVAT

O Seguro DPVAT representa uma importante proteção aos mais de 213 milhões de brasileiros em caso de acidentes de trânsito em todo o território nacional, sejam eles motoristas, passageiros ou pedestres.

A missão é de simplificar o acesso ao benefício para as vítimas de ocorrências.

O pagamento do Seguro DPVAT é feito em parcela única. Após a análise da solicitação, quando o caso é cabível de indenização, o valor é depositado uma única vez na conta bancária informada pela vítima ou beneficiário.

Atenção: são aceitas conta corrente, conta digital e conta poupança para os pagamentos referente aos acidentes de trânsito ocorridos.

ApVale News: Robson Soares

Rigatoni com Ragu de Linguiça

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp