Informação & Inovação

Smart City: São José é referência no Brasil

Smart City

Smart City: A transformação das cidades envolverá vários desafios nos próximos anos, segundo a revista portuguesa Exame Informática.

Não se trata mais de definir as cidades inteligentes (Smart City) a partir de parâmetros como eficiência energética e adoção de políticas de sustentabilidade, mas sim de admitir que talvez só as cidades inteligentes serão sustentáveis no futuro.

O argumento faz sentido, pois dentro de 30 anos seremos mais de 10 bilhões de pessoas, majoritariamente vivendo em regiões urbanas.

São José dos Campos está entrando definitivamente na nova era do desenvolvimento sustentável, usando a tecnologia para melhorar a vida das pessoas, principalmente na área de segurança pública.

O programa Cidade Inteligente, iniciativa pioneira no Brasil, começou a ser implementado neste início de 2020.

Cidades Inteligentes são aquelas que usam a tecnologia para melhorar a infraestrutura, otimizar a mobilidade urbana, a segurança pública, os serviços públicos, tudo com base na inovação, custos reduzidos e a consequente melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Smart City
PMSJ

São José é exemplo de Smart City

Neste contexto São José vem contribuindo para o ingresso de outras cidades no nicho, compartilhando suas experiências, como nesta quinta-feira (23) onde 60 diretores e coordenadores do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) visitaram  o Parque Tecnológico.

O objetivo é conhecer as soluções inovadoras que fizeram com que São José dos Campos fosse certificada como primeira Cidade Inteligente, Resiliente e Sustentável do Brasil.

Todas as 42 Diretorias Regionais do Ciesp estiveram representadas. Nesta quinta-feira, São José recebeu a primeira reunião de diretoria itinerante da entidade.

As 42 regionais já realizam mensalmente a reunião, mas é a primeira vez que o encontro aconteceu fora da sede da Ciesp, que fica na capital paulista.

No Parque Tecnológico, os diretores regionais assistiram uma palestra sobre as diversas iniciativas ligadas à certificação, além de visitarem empresas, startups e o CSI (Centro de Segurança Inteligência), considerado o melhor projeto de segurança e inteligência do Brasil.

Inaugurado em 1928, o Ciesp é uma sociedade civil de direito privado que visa dar suporte aos empresários paulistas e representá-los junto à sociedade e ao governo brasileiro. Atualmente, a entidade possui mais de 8 mil empresas associadas no Estado.

Smart City
PMSJ

Soluções para as pessoas

O atual presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, Rafael Cervone, visitou São José dos Campos pela segunda vez e disse estar “impressionado” com os projetos ligados à inovação e tecnologia.

“Estive aqui em fevereiro, logo no início do meu mandato, eu continuo muito bem impressionado. O que tenho que fazer é parabenizar as iniciativas da Prefeitura e a forma de gestão.

Especialmente porque se criou um ambiente de inovação e colaboração entre a inciativa pública e privada, gerando soluções para a população e para as pessoas.

É uma Cidade Inteligente, mas com visão e atenção às pessoas”, afirmou Cervone, que também é vice-presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Para a coordenadora administrativa do Ciesp da capital, Ana Paula Brunello, o que mais chamou sua atenção foram os índices relacionados à segurança em São José.

“Trabalho na capital, mas moro em Guarulhos. São José é uma cidade extremamente segura se comparada à Grande São Paulo. Eu até brinquei, é uma cidade que é boa não só para visitar, mas para morar. Perto de tudo e muito segura”.

A cidade registrou no ano passado os melhores índices de criminalidade dos últimos 20 anos, com quedas no número de roubos (61%), roubos de veículos (64%), furtos de veículos (66%) e homicídios (39%), entre outros.

Smart City
PMSJ

Cidade Inteligente

Para obter a certificação pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), São José dos Campos passou por um processo rigoroso, que levou em consideração 276 indicadores contidos em três normas ISO em setores como serviços urbanos, qualidade de vida e práticas sustentáveis.

Entre os destaques da cidade, estão o CSI e a Linha Verde, corredor sustentável com a utilização de ônibus 100% elétricos.

Também foram reconhecidas com nível de excelência o sistema de coleta de resíduos, coleta e tratamento de esgoto, cobertura de 100% da área urbana e rural com lâmpadas de LED, novo sistema de estacionamento rotativo, semáforos inteligentes, serviço de monitoramento por satélite, análise e detecção de mudanças no território.

Na saúde, estão a ênfase na quantidade de leitos hospitalares disponíveis, o prontuário médico unificado na rede e a campanha de imunização contra a covid-19.

Por Apvale.News – Robson Soares com a prefeitura

Veja ainda:

Aluguel: Famílias comprometem mais de 38% do orçamento

Parcela de junho do Auxílio Brasil já saiu!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp