Informação & Inovação

Teste do Bafômetro: Detran-SP registra maior índice de recusa

Teste do Bafômetro

Teste do Bafômetro: Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, 20, o Detran-SP revelou que o índice de recusa ao teste do bafômetro alcançou o maior patamar já registrado pelo órgão, que mede o número de infrações desde 2016.

Popularmente conhecida como “Lei Seca”, a lei federal 11.705 completou 14 anos neste domingo, 19.

Apenas no primeiro semestre de 2022, 2.193 condutores foram autuados no Estado por não aceitarem realizar o teste durante a fiscalização.

Até então, índice de flagrados no Teste do Bafômetro foi em 2018

Até então, o maior índice havia ocorrido no primeiro semestre de 2018, quando houve a autuação de 2.035 motoristas pela recusa.

Teste do Bafômetro
Detran

O condutor que é parado pela fiscalização pode responder por três tipos de processo, caso tenha ingerido bebida alcoólica: recusa ao etilômetro, infração de trânsito e crime de trânsito.

Quem recusa a soprar o bafômetro é multado em R$ 2.934,70

Quem se recusa a soprar o bafômetro é multado em R$ 2.934,70 e responde a processo de suspensão da carteira de habilitação.

No caso de reincidência no período de 12 meses, a pena é aplicada em dobro, ou seja, R$ 5.869,40, além da cassação imediata da Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Caso o motorista faça o teste e o etilômetro aponte até 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido, ele responde a processo administrativo.

Teste do Bafômetro
Detran

Já o condutor que apresenta mais de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido responde na Justiça por crime de trânsito. Se condenado, a pena é de seis meses a três anos de prisão.

Dirigir sob a influência de álcool e recusar-se a soprar o bafômetro são consideradas infrações gravíssimas, de acordo com os artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Por Apvale.News – Robson Soares

Veja ainda:

Petrobrás aproveita feriado e aumenta o preço da gasolina

Divórcio online: saiba como funciona esta alternativa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp