Informação & Inovação

Tofu, é mesmo bom para a saúde?

Tofu

Se o tofu e outros alimentos à base de soja estivessem concorrendo a uma vaga em sua rotação semanal de refeições, eles ofereceriam um currículo impressionante de credenciais nutricionais.

Uma porção de trinta gramas de tofu, por exemplo, pode fornecer entre 4 e 14 gramas de proteína (dependendo do Tofu), incluindo todos os nove aminoácidos essenciais.

Também fornece vitaminas B, ácidos graxos insaturados saudáveis ​​e minerais como cálcio, magnésio, zinco e ferro, disse Amy Bragagnini, nutricionista e porta-voz da Academia de Nutrição e Dietética.

Tofu
Reprodução

Tofu: Reputação

No entanto, os alimentos à base de soja também são prejudicados por uma reputação desagradável.

Os clientes costumam perguntar se os alimentos à base de soja estão relacionados ao câncer, uma preocupação decorrente de seus níveis relativamente altos de isoflavonas.

Estes são compostos à base de plantas que são estruturalmente semelhantes ao hormônio estrogênio.

A presença de isoflavonas também levou à preocupação de que a soja pudesse afetar negativamente a fertilidade ou dar aos homens características mais femininas.

Tofu
Reprodução

É seguro?

Mas, no geral, os estudos mostraram que incluir alimentos de soja em sua dieta não é apenas seguro, mas também pode beneficiar o coração e a saúde metabólica.

A palavra é do Dr. Qi Sun, professor associado de nutrição e epidemiologia no Harvard T.H. Escola Chan de Saúde Pública.

Veja: CSI é destaque em passeio do City Tour

E embora seja verdade que as isoflavonas na soja podem imitar fracamente o estrogênio, ele acrescentou, elas também parecem ter ação anticancerígena, anti-inflamatória e antioxidante.

Câncer

Uma preocupação histórica sobre a soja tem sido que suas isoflavonas semelhantes ao estrogênio possam promover o câncer de mama.

Muitos estudos mostraram que as mulheres que comem quantidades maiores de alimentos à base de soja não têm risco maior – ou mesmo menor – de desenvolver câncer de mama do que aquelas que consomem soja.

Comer pouca ou nenhuma soja, não interfere, disse Xiao-Ou Shu, professor de epidemiologia da Vanderbilt University School of Medicine.

A associação protetora é mais forte em estudos conduzidos em países asiáticos, observou ela, onde a soja é comumente consumida desde a infância até a velhice.

ApVale News com Aline Felix

CSI é destaque em passeio do City Tour

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp