Informação & Inovação

Venda de Carne Moída deve respeitar novas regras

venda de carne

A venda de carne moída terá que respeitar novas regras a partir de 1º de novembro. Entre as novas especificações estão que a carne deve ser embalada imediatamente após ser moída, sem que o pacote ultrapasse um quilo.

Além disso, é obrigatório que o produto contenha carne provinda de massas musculares esqueléticas. Segundo o ministério, a medida busca promover segurança alimentar, qualidade e segurança para os consumidores.

O Ministério da Agricultura publicou uma portaria com as novas condições que deverão ser seguidas.

venda de carne
Divulgação

Venda de carne moída e novas regras

O regulamento foi elaborado em parceira com associações do setor. Outras regras determinam a temperatura em que a carne deve ser mantida e manuseada e veta o uso de miúdos, raspagem de ossos e carne industrial na fabricação.

Os produtores ainda deverão informar a porcentagem máxima de gordura do produto. As empresas cadastradas junto a órgãos fiscalizadores terão até um ano para se adequar às novas normas.

Supermercados, estabelecimentos e produtores de proteína animal deverão seguir novas regras para a produção e venda de carne moída no Brasil.

Que tipo de carne é boa para moer?

Uma carne perfeita pra ser moída, justamente por ser bem magra, é o patinho, que depois da moedura apresenta aquela cor vermelha super vistosa. Outras boas opções para preparar sua carne moída refogada são o coxão duro, o lagarto e o coxão mole.

Onde surgiu a carne moída?

A invenção da carne moída vem do século XVII, quando tribos nômades da Asia Ocidental, conhecidas com Tártaros, desenvolveram a técnica de moer carne bovina dura e de má qualidade, para torná-la mais digerível.

ApVale News: Robson Soares

Veja também:

Horário Eleitoral Gratuito está de volta

 

Rock: Paramore anuncia show em São Paulo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest
Share on pocket
Pocket
Share on whatsapp
WhatsApp